• Clinica Santa Catharina

Vamos falar sobre a Adenóide

Atualizado: 22 de Jun de 2020

O que é a Adenoide?

A adenoide é uma estrutura única e está localizada na região supero-posterior da faringe, na rinofaringe, a região posterior da cavidade nasal. A adenoide é também chamada de tonsila faríngea ou amígdalas de Luschka. Ela faz parte do anel linfático de Waldeyer. Na adenóide também existem invaginações do epitélio formando criptas, não como as das amígdalas, mas verdadeiras fendas que também aumentam muito a superfície de contato destas estruturas com os vários microorganismos e antígenos. A adenóide desenvolve-se precocemente já no terceiro mês de gestação.


O Anel linfático de Waldeyer

O anel linfático de Waldeyer é constituído pelo conjunto de tecido linfático localizado na faringe e compreende: amígdalas palatinas, amígdalas faríngeas ou de Luschka, amígdalas linguais, amígdalas tubárias e nódulos linfóides da faringe. Essas estruturas foram assim agrupadas por apresentarem funções e histologia semelhantes.


Para o que serve a Adenoide?

Ela faz parte do sistema de defesa do organismo. Ela age auxiliando o sistema imunológico, regulando e mediando a resposta contra agressões de agentes externos como vírus, bactérias etc. O tecido adenoidiano é normalmente mais ativo, mais volumoso entre o 3° e o 7° anos de idade. A tonsila faríngea desenvolve-se totalmente no sétimo mês de gestação e continua a crescer até o quinto ou sexto ano de vida, estimulada por uma variedade de estímulos antigênicos (vírus, bactérias, alérgenos e irritantes). Além disso, a nasofaringe funciona como um conduto para a passagem de ar inspirado e secreções que drenam da cavidade nasal para a orofaringe, como caixa de ressonância para a fala e local de drenagem da tuba auditiva. Devido à sua localização, adenóides aumentadas podem causar obstrução nasal e estase de secreção nasossinusal com proliferação de microorganismos e maior exposição a antígenos, o que, por sua vez, tende a fazer aumentar ainda mais seu tamanho. A presença de uma tonsila faríngea de volume aumentado obstruindo a nasofaringe prejudica todas essas funções. A partir dos sete anos de idade, a atrofia da tonsila faríngea e o aumento do diâmetro da nasofaringe melhoram o fluxo de ar local.


Como avaliar o tamanho da adenóide ?

Para avaliar o tamanho da adenoide, o melhor exame, padrão-ouro é a videoendoscopia nasal, também conhecida como videonasofibroscopia. A obstrução do cavum pode ser classificada de acordo com o grau de percentagem de ocupação do cavum pelo tecido adenoideano, variando de 0 – 100%.





Agende uma consulta !



20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo